Top Ad 728x90

ANUNCIE AQUI

TV ITIÚBA

2 de fevereiro de 2013

Equipe Técnica do Processo seletivo 2011 bota boca no trombone




Venho através desse email  venho realizar o desabafo da equipe de Técnicos do SUAS – Sistema Único de Assistência Social da cidade de Senhor do Bonfim. Ocorre que a gestão passada realizou processo seletivo simplificado para contratação de técnicos para atuar nos centros de Referências de Proteção Básica CRAS e Proteção Especial CREAS com validade de 01 ano prorrogado para mais 01, sendo disponibilizadas  vagas de Assistentes Sociais e Psicólogos e monitores para a jornada do Peti – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, como consta no Edital de Chamamento Publico 02,03,04/2011, divulgado no diário oficial datado de 26 de maio de 2011 a ser realizado  pela Prefeitura Municipal de Senhor do Bonfim. O processo aconteceu foi amplamente divulgado inclusive nos sites da região, tanto o processo seletivo como foto do dia da pose onde foi divulgado em meio de comunicação de ampla abrangência que o mesmo teria a validade de 02 anos, no entanto chegada a data o termino do período de 01 ano, 01 de setembro de 2012, as equipe procuraram a secretaria de Ação Social que tinha Camilla Machado como secretaria da pasta, a informação obtida é que essa renovação seria de forma automática, certo da credibilidade e do conhecimento jurídico da gestora que também é advogada confiamos na palavra. Mais aos dias 02 de janeiro de 2013 ao chegarmos na secretaria de Ação Social para saber quando os serviços seriam retomados fomos pegos de surpresa quando a gestora informou que o jurídico do então prefeito Dr. Correia iria analisar tal processo, se teria ou não validade, e que teríamos um retorno breve, e mais: “Quem quiser deixar currículos para analise estamos pegando”essas foram as palavras da nova secretaria a 1ª dama Dona Marza.  Prezados  até hoje aguardamos um retorno que não foi dado as informações é que o jurídico alegou a não validade do tal processo seletivo simplificado mas não emitiu nenhum documento de anulação, nossa angustia é que não tiveram respeito nenhum pelo profissionais que certos da continuidade do processo seletivos ficaram desempregados, entendo que ocorrem falhas tanto gestão anterior de não ter realizado a homologação do tal processo seletivo, mais há também há falhas da gestão atual que deseja anular o processo seletivo e não realizar novo processo, tendo dessa forma um retrocesso na democracia, havendo novamente contratação por indicações políticas do ponto de vista partidário ou política de cabresto mesmo, onde só trabalha quem votou ou é do nosso grupo, quero aqui demonstrar a indignação pessoal e do grupo de profissionais que ficaram de fora e solicitar ao MP – Ministério Publico que fique de olho. Por que nós nos submetemos a uma prova, pois se o gestor não realizar concurso deve realizar processo seletivo e uma vez que esse já existe, ao termino do anterior deve ser realizado novo processo.

Enquanto isso os técnicos demitidos ficaram sem emprego e sem salário uma vez que, se o processo é continuado o mês de janeiro deve ser pago e cadê o dim dim? Deus sabe, os Centros de Referência estão a quase trinta dias fechados e a população que tem que ser atendida ininterruptamente segundo orientação do próprio MDS – Ministérios de Desenvolvimento e Combate a Fome, está sem os serviços dos Programas e Projetos. O Direito diz que: não havendo demissão coletiva da equipe e esta dando continuidade a atividades normais e renovação acontece de forma TACITA, portanto se vai ser anulado que seja legalmente formalizado e novo processo seletivo seja realizadados,  até porque os novos contratados começam a trabalhar dia 04 de fevereiro de 2013

Desde já agradecidos !!! Equipe Técnica do Processo Seletivo de 2011.

IVAN SILVA NOTÍCIAS

0 Comentários:

Postar um comentário

COMENTE AQUI!!!

Top Ad 728x90