POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

Assembleia Itinerante leva mais de 200 pessoas ao Teatro da Casa do Saber em Camaçari

A nona edição da Assembleia Itinerante, realizada em Camaçari, na última quinta-feira (12), contou com a presença de 33 deputados estaduais. Embora os parlamentares da bancada de oposição não tenham participado, a população do município da Região Metropolitana de Salvador aproveitou a oportunidade de acompanhar uma sessão do Poder Legislativo estadual.

Na avaliação do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT), o ato público foi exitoso. “Para quem atua como deputado é fundamental ouvir as queixas e necessidades da população de perto. Não podemos deixar de ter este contato. A Assembleia, enquanto instituição, deve ter seus representantes próximos ao povo”.

Em respeito a uma decisão unilateral da bancada da Minoria de não participar da sessão, o presidente não colocou nenhum projeto para votar. Contudo, quatro Medalhas Dois de Julho foram entregues na ocasião. As comendas, aprovadas à unanimidade, são concedidas a cidadãos com serviços prestados ao município.

O professor e mestre de capoeira Ismael dos Reis Filho teve a vida dedicada à educação e é um exemplo de superação através do esforço. “Tem um história digna dos brasileiros que nunca se deixam abater e continuam lutando por melhores condições. É, sem dúvida, um exemplo a ser seguido”, afirma Nilo. Ismael dos Reis é fundador do Grupo de Capoeira Inclusive (CGI), que reúne mais de uma centena de praticantes da cidade. Atua ainda como palestrante em empresas, universidades e escolas.

A pedagoga Celene Maria de Oliveira Santos é a diretora da Faculdade de Camaçari (Famec).  A família desta empresária, conforme, o presidente da Alba ressaltou, vem se dedicando à educação inclusiva na cidade há muitos anos. As medalhas foram propostas pelo presidente Marcelo Nilo, pelos deputados Luiza Maia e Bira Côroa, ambos do PT, por João Carlos Bacelar (PTN) e Mesa Diretora da Alba.

Dois ex-prefeitos receberiam a medalha, no entanto, a recusa em participar da sessão realizada no município onde vive e atua de José de Tude (PTN) fez com que apenas Luiz Caetano (PT) fosse homenageado. O atual prefeito Ademar Delgado (PT), que chefiou diversas secretárias durante os oito anos da gestão do antecessor, também recebeu a comenda. Coube ao atual prefeito criticar a manobra da oposição. De acordo com Delgado, os ausentes desrespeitaram não apenas a instituição na qual atuam, mas e principalmente, a população de Camaçari.

O ex-prefeito Luiz Caetano também criticou a oposição pela ausência. O petista enfatizou o quanto Camaçari estava sendo desrespeitada pelos deputados ausentes, ressaltando, que muitos foram votados lá. Em seu discurso, o ex-presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) fez questão de cobrar do governador o empenho de mais recursos para Saúde. “Este é o papel que deveria estar sendo realizado por um deputado de oposição”. Em outro momento, demonstrando sintonia com o presidente da Casa, Caetano avisou: acho que o candidato em 2014 será do PT. Eu posso ser esse candidato. Agora, se não sair do partido, vou apoiar você Marcelo Nilo.

Assessoria de imprensa.
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!