POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

A violência veste farda.Advogada da voz de prisão a um policial que forjou um delito só para incriminar um inocente veja o vídeo .

Sem título
O major Fabio Pinto, lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia), é o exemplo típico do policial despreparado e truculento deixado à solta nas ruas do Rio de Janeiro pelo comando da Polícia Militar. Grande (as imagens na internet fazem crer que ele tenha mais de 1,80m), fardado, com uma arma na cintura e um canhão de spray de pimenta nas mãos, ele é um risco para qualquer cidadão.

Suas atuações como homem da lei em episódios flagrados por câmeras (e a imagem não mentem) demonstram, sem nenhuma dúvida, sua incapacidade para lidar com situações de conflito, e mais do que isso, a facilidade com que ele, exagerando da força, agride o cidadão que paga o seu salário.

As arbitrariedades cometidas pelo referido policial começaram no dia 12 de setembro último, quando ele, no atuar descontrolado que caracteriza suas intervenções, mandou que uma estagiária de Direito abaixasse o dedo para falar com ele, ameaçando prendê-la por desacato. O que ele não esperava é que a moça, numa atitude corajosa e legítima, devolvesse a ameaça recebida.

- O senhor abaixa o dedo para falar comigo senão eu lhe dou voz de prisão por abuso de autoridade – disse a jovem na ocasião. O major, perdido em sua ignorância, andou de um lado para o outro e acabou sumindo na multidão. Veja o vídeo.
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!