POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

Por maior recursos, professores de universidades estaduais param por 72h

VIA BAHIA NOTÍCIAS
Por maior recursos, professores de universidades estaduais param por 72h
Uesc, Uesb, Uefs e Uneb de portas fechadas
As universidades estaduais da Bahia (Uneb), de Feira de Santana (Uefs), do Sudoeste Baiano (Uesb) e de Santa Cruz (Uesc) estarão de portas fechadas desta quarta (17) a sexta-feira (19). De acordo com a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), a greve de advertência reivindica o repasse de maior orçamento para as instituições. Nesta quarta (17), os professores farão um protesto na Assembleia Legislativa. A paralisação também envolve os técnicos e estudantes das universidades, reunidas no Fórum das 12. “A última investida do governo foi a estimativa de corte de R$ 7,2 milhões em custeio e investimento para o orçamento das Ueba [universidades estaduais da Bahia] do próximo ano. Se confirmada a previsão, apenas entre 2013 e 2015, as estaduais da Bahia sofrerão cortes nas rubricas citadas na ordem de R$ 18 milhões”, critica o diretor da Aduneb, Milton Pinheiro. A categoria pede o aumento no repasse orçamentário para, no mínimo, 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI). A falta de dinheiro, segundo a entidade, interfere no déficit do quadro de vagas para professores e técnico-administrativos, na falta de equipamentos nos laboratórios e materiais didáticos, na ausência de uma política efetiva de permanência estudantil, na falta de restaurantes universitários e creches-escola, no constante atraso nos pagamentos de bolsas de pesquisa e auxílio. Em algumas unidades faltariam, inclusive, materiais de limpeza e higiene pessoal.
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!