POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

Escândalo da Petrobras explode no PT

 
O escândalo da Petrobras acabou por explodir sobre o PT de acordo com revelações do ex-diretor da petroleira, Paulo Roberto da Costa e do doleiro Alberto Youssef. Ambos depõem e entregam o que têm conhecimento em troca da delação premiada, que diminui as penas de ambos em processo criminal. Paulo Roberto disse que o PT financiou a campanha eleitoral de 2010 em parte com dinheiro da Petrobras, recolhido pelo secretário-geral do partido, Vaccari Neto, informação confirmada pelo doleiro. O PT recebia 2% dos contratos firmados com a Petrobras e valores também financiaram as campanhas do PMDB e do PP, ambos partidos aliados do PT. Até o início da tarde de hoje nenhum dos partidos quis se pronunciar a respeito. A delação é uma bomba que explode em momento inoportuno, já que o segundo turno da eleição presidencial ocorre no próximo dia 26 e, bem provavelmente, ocasionará um terremoto na candidatura da presidente Dilma Rousseff, que dissera que não sabia de nada do que ocorria em relação ao escândalo da petroleira. Um auxiliar de José Dirceu, que estaria realizando operações com o conhecimento dele, também participara do esquema. Os delatores denunciaram, ainda, mais dois diretores da estatal que, de igual modo, participavam do esquema de corrupção.

Bahia Notícias

foto reprodução
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!