POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

Seca já atinge quase dois milhões de pessoas na Bahia e causa desemprego em diversas cidades

Não há previsão de chuva para os próximos três meses
99euwbb0yo_41n3umhqvg_file-426x320
A seca já atingiu quase dois milhões de pessoas na Bahia e não há previsão de chuva para os próximos três meses. Em Riachão do Jacuípe, cidade a 200 km de Salvador, a falta d’água destruiu toda plantação, principal fonte derenda dos moradores.

A tão esperada chuva não cai há mais de seis meses e os açudes estão quase secos. No sítio de seu José, ele e a filha, Rita, tentam manter vivos os poucos animais que sobraram: cerca de dez cabeças de gado e de 50 ovelhas.

O açude acumulava cerca de 500 mil litros de água. A família de Rita utilizava a água até para beber, mas com a seca que castiga a cidade, secou e agora só tem lama.

Na casa de Maria a ordem é economizar. A família já viveu momentos difíceis, quando faltava água até para beber. Hoje, tem uma cisterna que armazena água da chuva, mas tirar um balde cheio é raro.

A economia de Riachão de Jacuípe é voltada para pecuária e agricultura. Atualmente, o sindicato dos trabalhadores rurais do município tem oito mil profissionais cadastrados, só que cerca 3 mil estão desempregados.

Segundo informações do R7, a economia de Riachão de Jacuípe é voltada para pecuária e agricultura. Atualmente, o sindicato dos trabalhadores rurais do município tem oito mil profissionais cadastrados, só que cerca 3 mil estão desempregados.

R7
ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!