POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

BAHIA: Governo leva PROS e viabiliza Isidório para 2016


Alvo de uma disputa acirrada entre o governo estadual e a Prefeitura de Salvador, o PROS vai integrar oficialmente a base de apoio do governador Rui Costa (PT). Depois de uma sucessão de reuniões, a decisão foi selada hoje na Bahia pelo secretário-geral do partido, o deputado federal por Roraima Márcio Junqueira, que a comemorou com um churrasco à noite na capital baiana.

Disputado internamente no governo pelos grupos do ex-deputado federal Marcos Medrado e do deputado estadual Sargento Isidório, o partido ficará, entretanto, com o parlamentar, que se filiou também hoje à legenda. Ele presidirá o diretório municipal do PROS em Salvador e terá um quadro de seu grupo político, Fabrício Figueiredo, no comando estadual da legenda.

O partido, no entanto, está de braços abertos para receber Medrado, segundo informou com exclusividade esta noite ao Política Livre Márcio Junqueira. Ele admitiu que o critério predominante para a entrega da legenda a Isidório na Bahia é o potencial que ele tem para se eleger em 2018 deputado federal, tipo de representação que qualquer partido que pretende se tornar nacional precisa.

“Nós entendemos que precisamos construir a possibilidade de representantes na Câmara dos Deputados. Isidório é um nome para isso. Teve 123 mil votos para deputado estadual, mais de 60 mil votos na capital, é uma promessa muito boa para a construção de uma bancada de deputados federais em 2018″, disse Junqueira, antecipando, entretanto, que o deputado pode concorrer à Prefeitura de Salvador no ano que vem, se quiser.

“Se desejar ser candidato a prefeito ele (Isidório) será. A eleição (municipal) aqui vai caminhar para o segundo turno e é complexa. Hoje consolidamos uma liderança expressiva dentro do partido. A partir de agora, vai se trabalhar para 2016 e para as alianças em 2018″, disse. Pelo lado do governo, a operação para conquistar o apoio do PROS e entregá-lo a Isidório foi conduzida pelo secretário estadual de Relações Institucionais, Josias Souza.

Josias passou o dia de ontem em Brasília negociando a atração da agremiação para a base governista. No governo, ele é um dos defensores da estratégia pela qual seriam lançados vários candidatos à Prefeitura para levar a disputa contra o prefeito ACM Neto (DEM) para o segundo turno, onde acredita que seria mais fácil tentar derrotar o democrata.

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!