Top Ad 728x90

TV ITIÚBA/ITIUBENSE

28 de junho de 2017

CNMP aplica pena de demissão a promotor de Justiça da Bahia acusado de estupro e de assédio sexual



O paradeiro do promotor de Justiça Almiro Sena Soares Filho, acusado de assédio sexual quando era secretário estadual de Justiça, é desconhecido pelo Judiciário baiano. Um despacho do desembargador e relator Mário Alberto Hirs publicado no Diário da Justiça no último dia 22 relata dificuldades dos oficiais de Justiça em intimar o acusado para dar prosseguimento à ação.
"O réu foi procurado por diversas vezes em sua residência a fim de ser intimado pessoalmente de atos processuais, tendo, em todas elas, sido infrutífera a ação dos Oficiais de Justiça, que nunca encontraram o denunciado e nem obtiveram informações sobre seu paradeiro, até mesmo com familiares seus", narra o magistrado.
Mário Hirs considera que é "forçoso" concluir, nessas circunstâncias, que o réu mudou de domicílio. O imóvel em que o promotor residia se encontra sob oferta de aluguel, no entanto, o desembargador ressalta que a possível mudança de endereço de Almiro Sena não foi comunicada à Justiça.
Diante da frustração das tentativas de intimação, o relator determinou que o processo continue "sem que seja necessária" a intimação pessoal do acusado.

0 Comentários:

Postar um comentário

COMENTE AQUI!!!

Top Ad 728x90