Top Ad 728x90

TV ITIÚBA/ITIUBENSE

16 de novembro de 2017

Monte Santo: SDR/CAR e Associação Comunitária da Tapera celebram convênio Produtivo da Fruticultura

Convênio garante benefícios para Monte Santo

Com o objetivo de incentivar a cadeira produtiva da fruticultura no município de Monte Santo, Território do Sisal na Bahia, foi assinado, na tarde desta terça-feira (14), um convênio de cooperação entre a Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Pequenos Produtores Rurais da Fazenda Tapera e Região e a CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional), vinculada à SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia).

O documento foi assinado no povoado da Tapera, pela presidente daAssociação Comunitária, Maria Cleonice dos Santos Andrade e peloassistente Territorial da CAR, Domingos Magalhães Neto. O ato contou com a presença docoordenador do Centro Público de Economia Solidária – CESOL Piemonte Norte do Itapicuru e Piemonte da Diamantina, Luís Costa Oliveira, e do representante da Coopersabor,diretores da Associação e membros da comunidade.

O Convênio para o projeto de fruticultura foi selecionado e aprovado através do edital de nº 09/2017, do Bahia Produtiva, da SDR/CAR. O investimento previsto será de mais de R$ 460 mil e prevê assessoramento técnico, capacitação, contratação de agente e aquisição de equipamentos, que beneficiará centenas de famílias do município.

A presidente da Associação, Maria Cleonice dos Santos Andrade, comemorou a assinatura do convênio e destacou que o edital vai contemplar mais de 100 famílias de Monte Santo.

“É um momento muito feliz para nossa comunidade alcançar esse convênio. O governo estadual vem dando essa estabilidade através dos editais aos agricultores familiares ao longo dos anos. Agradecemos a CAR e a nossa comunidade, que luta em busca de melhoria da qualidade de vida do sertanejo. Esse projeto não será restrito à Tapera, ele é amplo e vai beneficiar mais de 100 famílias, e também as comunidades circunvizinhas. Pretendemos trabalhar cada vez mais para produzir o melhor alimento, e trazer mais desenvolvimento à Monte Santo”, comemorou.

O coordenador do CESOL Piemonte Norte do Itapicuru e Piemonte da Diamantina, Luís Costa Oliveira, que assessora a Associação Comunitária da Tapera, e acompanha de perto o grupo há 13 anos, ressaltou a importância dos editais para o desenvolvimento de empreendimentos de economia solidária.

“O governo da Bahia olha de fato para a agricultura familiar e solidária, dialoga com a comunidade rural e se preocupa com iniciativas que dão certo. Hoje é um dia muito importante para a Associação, e para o grupo produtivo de beneficiamento de frutas da Tapera, para a ARESOL, para o CESOL e para a Coopersabor. Temos um povo que acredita na luta e na organização popular como forma de resolver seus problemas, é isso que a gente encontra na Tapera. A vontade lutar é grande e esse projeto tem alta chance de dar certo. O grupo tem 13 anos de história, e trabalhou com recursos da comunidade até aqui para a realização de um sonho. O Governo da Bahia está de parabéns pelos investimentos que estão sendo feitos, mesmo em um momento de crise. Isso proporcionará novas oportunidades aos grupos associativos, cooperativas, e empreendimentos da economia solidária, e vai gerar frutos de desenvolvimento para nossacomunidade”, destacou, Luís.

O representante da CAR, Domingos Magalhães Neto falou do objetivo do Projeto e a importância deste investimento para o desenvolvimento da comunidade rural, e destacou que o Programa Bahia Produtiva executa cerca de 300 projetos em todo o estado baiano.

“A intenção do projeto Bahia Produtiva é fortalecer as potencialidades das comunidades rurais, melhorar a renda e a qualidade de vida das famílias. Nada melhor que uma associação com essa historia de vida para executar esse convênio. O programa chegou há dois anos, com uma metodologia dialogada e avaliada com o grupo de produção desta comunidade, em um processo educativo e justo. São mais de 300 projetos do programa Bahia Produtiva, da CAR, no estado, e Monte Santo é um dos municípios que tem 12 projetos contemplados, e deve somar quase R$ 5 milhões em investimentos. Isso é recurso que vem para o sertão, e vai girar a economia”, ressaltou.

EDITAIS
Os editais da CAR em 2017 foram destinados à fruticultura, mandiocultura e oleaginosas, com investimentos total na ordem de R$ 39 milhões, sendo R$ 26 milhões destinados à fruticultura, R$ 10 milhões à mandiocultura e R$ 3 milhões à oleaginosas.

Em Monte Santo, além da Associação Comunitária da Tapera, a Cooperativa Regional De Agricultores (AS)Familiares E Extrativista Da Economia Popular E Solidaria também foi contemplado com o Edital 09/2017 – com o projeto da Cadeia Produtiva da Fruticultura.


Comunicação Aresol – Monte Santo – Bahia – Brasil 
Fone: (75) 3275-1881
Itamara Costa 
Jornalista 

0 Comentários:

Postar um comentário

COMENTE AQUI!!!

Top Ad 728x90