POLICIAL

[POLICIAL][threecolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA] [threecolumns]

ANUNCIANTES

Andorinha: Professores protestam e divulgam Carta de Repúdio

O clima literalmente não  está  nada favorável  ao prefeito  de Andorinha, Renato Brandão, com os professores municipais.

A situação  só  piorou quando a categoria sentiu-se traída  pelo gestor que encaminhou projeto  a Câmara de Vereadores .

Uma Carta de repúdio  está  sendo publicada nas redes sociais pelos profissionais  da educação  em Andorinha. Os professores relembram também  em vídeo  postado, promessas feitas pelo prefeito durante campanha eleitoral, onde garantia valorizar a classe.

Confira a carta:

Carta de Repúdio

Iniciamos hoje, o dia do basta de desmonte de políticas educacionais, com mais uma triste notícia para todos os profissionais da educação/; a aprovação de uma lei inconstitucional. Reduzir os vencimentos de suplementação de carga horária de profissionais da educação. /um direito, previsto na lei 384, em seu artigo 46, que a dobra de carga horária, deve seus vencimentos ser remunerado proporcionalmente ao número de hora adicionada a jornada de trabalho do professor.

Lei, ora lei! Esta lei, por sua vez aprovada há 8 anos atrás pelo Senhor Renato Brandão e José Vitor Soares, hoje respectivamente prefeito e vice prefeito deste Município. Com que propósito? Que intuito? Auxiliar no desmonte da educação Municipal, do grupo político que estava na época de sua aprovação? Saber que, este gestor não respeita a categoria, considerando outros momentos de luta desta, sempre ao lado do ex prefeito, em que em outras oportunidades, para ele, “um cachorro latindo e professor falando era a mesma coisa”.

Não recebíamos a nossa dobra de carga horária, prevista em lei. Não recebíamos desde a eleição deste grupo político partidário o nosso reajuste salarial de forma integral. Não recebemos a dobra de carga horária nas nossas férias… Lindo de se ver! Trabalhar o ano inteiro e receber as 20 horas nas férias. O período para descansar a mente torna-se um tormento na vida de muitos.

Repudiamos ao ato dos vereadores Maria de Lourdes, Cleriston Grigório, Edilson Bento, Nilton Matos, Marinaldo Oliveira. Vocês nunca tiveram professor? Não são pais, compadres, amigos de professores? E os secretários de governo, que em junho participaram de reunião com a proposta indecente deste projeto de lei: vocês conseguem dormir sossegados? Seus colegas de trabalho, companheiros de luta em outras oportunidades e a faca que nos ceifou foi uma canetada? A coação e a intimidação de uma outra categoria que merece respeito tal qual a nós?

A roda da vida gira. A luta não acabou! População em geral, professor não quer retirar empregos de ninguém, tampouco quer perder seus direitos previstos em lei federal. A irresponsabilidade de um gestor não pode ser paga por nenhuma categoria de profissionais!

Comissão  Professores

Copmparilhdo de: Blog do Walterley Kuhin

Plano de Governo do Prefeito Renato Brandão, onde prometeu sentar com os professores e discutir a Educação e pagar os profissionais em tempo Integral. Mas foi só promessa. Garantem os professores que enviaram o vídeo  no momento em que o prefeito participava de um debate durante  as eleições.


Veja o vídeo:

ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
A N U N C I E A Q U I
ANUNCIE AQUI!