Select Menu

Slider

por Luana Ribeiro

O deputado Luciano Simões Filho (PMDB) afirmou no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) nesta terça-feira (4) que reuniu 22 assinaturas para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar “pedaladas fiscais” praticadas pelo governo do Estado. O deputado atribuiu as pedaladas aos atrasos nos pagamentos das obras em escolas transferidas da extinta Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (Sucab) para a Secretaria de Educação (SEC). Em seu discurso, ele leu a definição, de acordo com ele, que o próprio PT utilizou para definir as pedaladas, que consistiriam “na prática do tesouro atrasar o repasse de dinheiro para bancos e autarquias” para “melhorar artificialmente” as contas e, assim, “ludibriar o mercado financeiro e especialista em contas públicas”. Simões Filho disse ainda que tem expectativa positiva em relação à aceitação do pedido por parte do presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT).

BAHIA NOTÍCIAS
-

No último domingo (02), por volta das 19h10min, Policiais Militares da CIPE-CAATINGA, quando realizavam patrulhamento no Povoado Varzinha, zona rural do município de Itiúba-BA, quando deram inicio a abordagem no “Bar Seis Irmãos” de propriedade da Srª Apolônia, e encontraram duas Motocicletas sendo: 01(uma) motocicleta Honda cor preta, placa policial LVD-7489, licença de F. Vasconcelos-SP e 01(uma) motocicleta Honda cor preta, sem Placa Policial, ambas com chave, sem documento e com Chassi Adulterados, não foi possível localizar os condutores, diante do exposto as motocicletas foram conduziram para a Depol de Itiúba.

VANIO ARMAS
No início da noite de ontem (03), Policiais Militares da CIPE-CAATINGA, após denuncia anônima de que um elemento conhecido por VANIO havia furtado criações em uma propriedade rural e que a vítima já havia prestado queixa na DP de Itiúba-Ba, a suposta vítima tentou entregar a intimação ao acusado, sendo que este rasgou o documento e o ameaçou, a guarnição foi informada do fato bem como avisados de que o acusado possuía armas de fogo, o qual deslocaram até a Fazenda Lagoas próximo ao Povoado de Piaus, zona rural do município de Itiúba – BA, onde o suspeito foi encontrado e identificado como LUCIVANIO DE JESUS SILVA, 25 anos de idade, na sua residência foram encontradas 05 (cinco) armas de fogo, sendo 03(três) Espingarda de fabricação caseira, 01(um) Rifle cal 22 com numeração suprimida e 01(uma) Pistola cal 6.35, de número 1945 e ainda encontraram dois canos de espingarda, diante do exposto foi dada voz de prisão e o acusado foi conduzido até a DEPOL de Itiúba-Ba.

O acusado e todo material apreendido foram apresentados ao Delegado de Polícia Civil da cidade de Itiúba, onde foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo ficando a disposição da justiça.

Fonte: (Comandante Wilson Texeira dos Reis) Cipe-Caatinga
-
Um dos veículos do prefeito Marlos André da cidade de Pindobaçu, que fica a 414 quilômetros de Salvador, foi incendiado na madrugada desta terça-feira (4). O crime aconteceu por volta das 3h30, na rua Claudionor Dantas de Freitas, no Bairro Novo, em frente à residência do gestor.

Segundo a delegada Maria Elisa Padilha, os suspeitos, que ainda não foram identificados, usaram material inflamável para atear fogo em um caminhão baú Ford F4000. As chamas alcançaram grandes proporções e acabaram atingindo uma parede da frente casa e a fiação elétrica da rua. Ninguém estava na casa no momento do crime.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros da região acionada e conseguiu controlar as chamas. Segundo a polícia, o veículo ficou completamente destruído e não estava carregado. Ainda de acordo com a delegada, havia um guarda municipal no interior da residência fazendo a segurança do imóvel.
RTEmagicC_974bb6de2f.jpg
Ainda de acordo com a delegada, o prefeito está fora da cidade e ainda não entrou em contato. “Tanto o guarda, como outras pessoas já foram ouvidos pela manhã, mas ainda estou aguardando a presença do prefeito para que ele possa dar seu depoimento e passar informações que possam ser usadas nas investigações”, disse a delegada Padilha.

A delegada não soube informar se o prefeito ou algum familiar vinha sofrendo ameaças. A motivação e a autoria do crime ainda estão sendo investigadas. O caminhão incendiado já passou por perícia e o laudo deve ficar pronto em 30 dias.

Correio da Bahia
-

VEREADOR ROMENIL 

VEREADORA CRISTINA DE EVALDO

VEREADOR JIOVALDO

VEREADOR NATANAEL

VEREADOR ZÉ CARLOS

VEREADOR TOINHO DE PICOS



-

Sob o tema “Igreja e sociedade em missão a serviço da vida no sertão” e o lema: “Eu vim para que todos tenham vida” (Jo 10,10), trabalhadores e trabalhadoras rurais e urbanos se reunião em Filadélfia no dia 30 de agosto para a 36ª Missão da Terra.

A Missão da Terra, na Diocese de Bonfim, é considerada uma verdadeira tradição. Um momento de crescimento e profetismo. Em todas as caminhadas já realizadas, a fé cristã sempre impulsionou, o entusiasmo não diminuiu e a vontade de ajudar os camponeses e camponesas na defesa e conquista da terra, da água e dos seus direitos. Graças a Deus, prossegue sincera e sempre forte.
É um ato religioso que, a partir da fé e da religiosidade, questiona as contradições da sociedade e aponta, profeticamente, onde se desrespeita a vida que é obra de Deus.

É uma celebração que traz presente a expressão de fé dos cristãos afetiva e efetivamente comprometidos e comprometidas com a transformação da sociedade; lutando pela terra, pela água, defesa dos territórios e por uma comida sem veneno. Ela procura unir a dor, as lutas e as esperanças do povo da terra, na força cristã e a experiência de peregrinação do povo da Bíblia, presentes na tradição popular brasileira. Também é um momento de agradecer ao senhor da vida a alegria de ter conseguido, com muita luta, um lote de terra para plantar e de água para plantar. É um ambiente coletivo que junta o campo e a cidade com o objetivo de refletir a partir da Palavra de Deus.

Pela primeira vez, esse ato de fé e de resistência que se encontra na 36ª edição acontecerá na cidade na paróquia de São Sebastião de Filadélfia, iniciando às 8h na praça da comunidade do Jacaré, com acolhida dos romeiros e romeiras e abertura da Missão da Terra; às 9h, os romeiros (as), iniciam uma caminhada com cantos, orações, gritos de ordens, até o centro da cidade. No percurso terá três paradas estratégicas para analisar criticamente as conseqüências do êxodo rural, do acesso á terra, da água e do meio ambiente.

À tarde terão as apresentações culturais e fala de entidades e às 15h30min começa a missa de ação de graças presidida por Dom Francisco Canindé Palhano e concelebrada pelos padres presentes.
     
Cerca de 7 mil pessoas participaram da atividade, dentre eles: trabalhadores(as) rurais, religiosos(as), representantes de movimentos sociais, leigos  e entidades.
  
A atividades é realizada pela Comissão Pastoral da Terra em parceria com as pastorais e grupos das paróquias de São Sebastião de Filadélfia, Sagrado Coração de Antonio Gonçalves, Senhor Bom Jesus de Pindobaçu e Nossa Senhora de Fátima de Ponto Novo, 

 “Salve, salve a caminhada.
Salve, salve a romaria,
em busca da nova aurora
de um novo dia”.

PROGRAMAÇÃO

8h - Chegada e acolhida dos Romeiros(as) da Terra. Comunidade do Jacaré

9h - Caminhada seguida até a Praça Luiz Eduardo Magalhães, seguida de três paradas

1ª - Parada:Entrada do estádio: “Salvar a terra e a água é salvar a vida”.

2ª - Parada: Igreja Matriz: “Nossas Conquistas: fonte de vida para todos “.

3ª - Parada:  Av, ACM (Frente ao ponto final): “Terra: profecia, serviço e missão” 

12h - Almoço coletivo

13h - às 15h30min: Espaço cultural: (músicas, poesias, exposição de material das entidades e confissões;

15h30min - Celebração da Santa Missa e envio dos romeiros(as) às suas casas.

Antonio Celio
CPT – Comissão Pastoral da Terra – Centro Norte – Diocese de Bonfim

- -

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta segunda-feira (3), a 17ª fase da Operação Lava-Jato. Foram presos o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, na casa onde mora, em Brasília, o irmão dele Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, o ex-assessor de Dirceu, Roberto Marques, o dono da empresa de informática Consist, Pablo Kipersmit, entre outros. Dirceu foi levado para a superintendência da Polícia Federal em Brasília e deve ser transferido para Curitiba. 

São cumpridos 40 mandados judiciais, sendo três de prisão preventiva, cinco de prisão temporária, 26 de busca e apreensão e seis de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento.Também foram decretados o sequestro de imóveis e bloqueio de ativos financeiros.

Até o momento foram presas as seguintes pessoas, de acordo com a PF: José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil e dono da JD Consultoria; Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, sócio da JD Consultoria;  Roberto Marques, ex-assessor; Fernando de Moura; Olavo de Moura; Pablo Kipersmit.

A operação foi batizada de Pixuleco, em alusão ao termo utilizado para nominar propina recebida de contratos.

De acordo com a Polícia Federal, esta fase da operação se concentra no cumprimento de medidas cautelares em relação a pagadores e recebedores de vantagens indevidas e “laranjas” utilizados nas transações.

Entre os crimes investigados estão corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Cerca de 200 policiais cumprem mandados em Brasília, Rio e São Paulo.

Dirceu cumpria prisão domiciliar por condenação no mensalão. O mandado contra ele é de prisão preventiva – por tempo indeterminado. Já Luiz Eduardo de Oliveira e Silva foi detido em Ribeirão Preto (SP) e cumprirá prisão temporária, que tem duração de 5 dias.

Roberto Podval, advogado que representa José Dirceu, afirmou que primeiro vai entender as razões que levaram à prisão do ex-ministro da Casa Civil para depois se posicionar.

De acordo com a assessoria da Superintendência da PF em Brasília, Dirceu deverá ser encaminhado para Curitiba, onde estão os demais presos da Lava Jato, ainda nesta segunda-feira.

- -
RIO ­ Articulador político de uma frente nacional de esquerda, o ex­-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) diz que o PSDB e até o PMDB têm mais chances de vencer a eleição presidencial de 2018 se o governo Dilma Rousseff não mudar a política econômica nem fizer as pazes com sua base social e com a classe média.

"Esse PT que está aí chegou ao fim de um ciclo", afirma Tarso. Para ele, até mesmo uma eventual candidatura do ex­-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficará comprometida se não houver reação à crise. "Quem disse que é viável uma candidatura do Lula em 2018, em função dos resultados do governo da presidenta Dilma? E quem disse que ele quer?", provoca.

Nesta entrevista ao Estado, o ideólogo da tese de refundação do PT, lançada após o mensalão e revivida agora, na esteira dos escândalos na Petrobrás, não poupou críticas ao aliado PMDB. "O que estamos vendo é que o PMDB pinta e borda lá no Congresso e isso não tem reflexo na sua relação com o governo", insiste. Na avaliação de Tarso, a coalizão que sustenta Dilma "já morreu e não sabe". A seguir, os principais trechos da entrevista.

O PT chegou ao fim de um ciclo?
Esse PT que está aí chegou nitidamente ao fim de um ciclo. Sofreu dois baques muito fortes, não se auto reformou, não capitaneou uma grande mudança pela reforma política nem uma grande luta popular para proibir o financiamento empresarial das campanhas. O PT se transformou num partido excessivamente longa manus (executor de ordens) de quem está no poder.

E o governo do PT também chegou ao fim desse ciclo?
Eu diria que, se essa política monetária e econômica for mantida, estaremos preparando o caminho para uma candidatura do PMDB ou do PSDB ser a mais forte. A base social do PT e do campo político da esquerda poderá chegar desesperançada em 2018, proporcionando uma saída conservadora para a crise.

O que o governo precisa fazer para sair da crise e evitar a possível tentativa de impeachment da presidente Dilma?
Não existem razões jurídicas e políticas para impeachment. Para sair dessa crise, a presidenta teria de mudar a política monetária e reconstituir a base de apoio na sociedade e no Parlamento. Mas acho que não fará isso. O ajuste fiscal é como pasta de dente. Quando sai do tubo, não volta mais.

O que o sr. propõe como alternativa?
O problema não é fazer o ajuste. Mas qual ajuste? Não é possível que quem pague a conta sejam sempre os mais pobres. Temos de fazer uma profunda reforma fiscal, tributária, taxar as grandes heranças, o lucro do capital financeiro, regulamentar o imposto sobre grandes fortunas e reorganizar o sistema produtivo.

O sr. endossa o "Fora Levy" no PT?
Isso está mal colocado. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, não é o responsável pela crise. Levy é um técnico que está a serviço de um governo que lhe encomendou um pacote de medidas de ajuste.
Setores da oposição, sob a liderança do senador Aécio Neves (PSDB­MG), já falam em novas eleições antes de 2018.

O sr. é favorável a uma conversa entre os ex­-presidentes Lula e Fernando Henrique para um pacto de governabilidade?
Sempre que uma crise se agrava e convergem interesses para resolvê­-la, os grandes chefes políticos têm que conversar para saber quais são as regras do jogo para o futuro. Essa conversa não humilha ninguém nem faz as pessoas mudarem de posição. Se os tucanos pretendem ganhar as eleições, e isso pode ocorrer, eles não vão querer receber um País com ódio político cada vez mais profundo e com a
crise econômica cada vez mais aguda.

O sr. está articulando uma frente de esquerda para disputar a eleição presidencial de 2018. Seria para encobrir a sigla PT, por causa do desgaste?
Esse é o argumento de uma parte do PSOL, que acha que, para crescer como alternativa de esquerda, tem que liquidar o PT. Isso é um engano histórico. A frente deve ser programática e o PT precisa ter a humildade de verificar, no sistema de alianças que pretende compor, se há um nome mais adequado para 2018, que possa representar sua própria regeneração como projeto para o País. Deve entrar de espírito aberto numa nova frente política e não, desde já, com um candidato seu. O PT dizer que quer ter a cabeça de chapa em 2018 seria praticamente lançar o Lula de novo. E quem disse que o Lula quer?

E não quer?
Isso nunca foi colocado de parte dele. Quem disse que é viável uma candidatura do Lula em 2018, em função dos resultados do governo da presidenta Dilma? Eu acho que, depois de 2016, o campo de esquerda poderá formar um novo bloco. O PC do B lançou a ideia da Frente Ampla Democrática e há setores do PSB e até do PSOL dialogando conosco, além dos movimentos sociais e da intelectualidade.

Marina Silva, que tenta criar a Rede, é um nome que pode ser lançado por uma possível frente de esquerda em 2018?
A minha impressão é de que à Marina não interessa mais uma relação de compromisso com a esquerda.

Como o sr. vê a investigação aberta pela Procuradoria da República no Distrito Federal contra o ex­-presidente Lula, sob o argumento de que ele usou sua influência para facilitar negócios da empreiteira Odebrecht até no exterior?
É uma manipulação política, característica de processos judiciais de exceção. Se isso fosse feito com o Instituto Fernando Henrique e com todos os ex­-presidentes, porque todos promoveram grandes grupos econômicos para estabelecer relações com o mercado mundial, seria uma coisa normal. Mas não é assim.

O sr. foi ministro da Justiça no governo Lula. O governo do PT perdeu o controle sobre a Polícia Federal na Operação Lava Jato, como alegam petistas ao criticar a atuação do ministro José Eduardo Cardozo?
A Polícia Federal não está fora de controle das suas chefias nem do ministro. O que tem ocorrido é uma disputa política, interna à PF, para promover perante a mídia os inquéritos que atinjam mais fortemente os políticos, em função da demonização dos partidos e da política no cenário nacional.

O sr. defende romper com o PMDB?
Seria um ato suicida defender a simples e pura ruptura da coalizão sem colocar nada no lugar. Se ela deve ser substituída a médio e longo prazo, sim, mas isso teria que vir acompanhado de medidas para redirecionar a política monetária e econômica.

O que é médio prazo para o sr.?
Depois de 2016. Quem sabe o governo faz uma inflexão nova? Ou não. Se não fizer, vai continuar essa miscelânea que está aí, onde ironicamente o front mais duro de oposição ao Planalto está dentro da própria coalizão.

Essa inflexão seria sem o PMDB?
É uma resposta que não tenho condições de dar porque penso que o governo não fará inflexão nenhuma. O que eu e muitos companheiros defendemos é que a gente dê uma estabilidade para a presidenta governar dignamente até o fim. Eu não tenho esperança em mudança de fundo. Há uma governabilidade imobilizadora.

Por quê?
Porque o governo depende da base parlamentar do PMDB. E cerca de 70% dela é liderada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que lamentavelmente exerce papel maior no PMDB do que o do vice ­presidente Michel Temer. 

Diante dos últimos fatos da Operação Lava Jato, que está investigando Eduardo Cunha, seria conveniente ele sair da presidência da Câmara?
Não conheço o processo e por isso tenho cuidado em dar opiniões. Se o procurador (geral da República) Rodrigo Janot encaminhasse um inquérito com provas formais contra Eduardo Cunha junto ao Supremo, evidentemente pediria o seu afastamento liminar da presidência da Câmara, porque é um lugar onde ele poderia interferir no processo.

Com Cunha na oposição, o governo está hoje nas mãos do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB)?
O que estamos vendo, atualmente, é que o PMDB pinta e borda no Congresso e não tem nenhum reflexo na relação com o governo. E é muito estranho para o PT do Rio Grande do Sul ver o senhor Eliseu Padilha (do PMDB e ministro da Aviação Civil, que ajuda na articulação política do Planalto), adversário histórico, representando o governo para falar com a sociedade. Então isso é mais um
atestado de que esse tipo de coalizão já morreu e não sabe.

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, é alvo constante de fogo amigo no PT e no PMDB. O sr. acha que ele deve ser substituído?
Não existem informações que circulem no PT que sejam fidedignas com o que ocorre dentro do governo. O governo não tem um centro político visível. Quem é que fala pelo governo? Esse é o problema fundamental. Toda a política do governo gira em torno do ajuste. Então quem fala pelo governo é o técnico que faz o ajuste, que é o Levy. E isso é insuficiente para criar na sociedade um diálogo mais profundo sobre o modelo de desenvolvimento para o País.

Tarso Genro foi prefeito de Porto Alegre (1993-­1996 e 2001­-2002), governador do Rio Grande do Sul (2010 a 2014) ­ não se reelegeu no ano passado ­ e, no governo Lula, passou pelos ministérios da Justiça, da Educação e de Relações Institucionais.olitica.estadao.com.br/noticias/geral,o-pt-chegou-ao-fim-de-um-ciclo,1736503http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,o-pt-chegou-ao-fim-de-um-ciclo,17365
-
O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado Marcelo Nilo, comunicou oficialmente sua saída do PDT ao presidente nacional da agremiação, Carlos Lupi, no último sábado (1º).

De acordo com o parlamentar, que agora trabalha pela recriação do PL na Bahia, caso o partido não seja constituído, o deputado vai pedir autorização ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para deixar o partido sob a alegação de que tem sido vítima de grande perseguição. “Com certeza, o PL será criado. Se fracassar, entretanto, não há hipótese de ficar no PDT”, garantiu.


Foto: Arquivo / Bocão News
-
Foi realizado, na noite do ultimo sábado (01/08) o I Festival Regional Beneficente de Música - O Canto das Cidades, promovido pela Rádio Comunitária Abelha Dourada FM. O evento comemora os 10 anos de fundação da emissora e será realizado no Clube 2 de Julho.

O evento teve inicio com apresentação da Filarmônica 4 de Janeiro e grupo de dança local. 

Logo após foi formada a mesa de jurados composta por 9 jurado  exemplo de Kelvin Diniz de Capim Grosso, Jornalista André Luis da Rádio Paiaia FM de Saúde, Anny Oliveira Locutora da serrote FM da cidade de Serrolândia, Andréa Gama de Cansação, Rodrigo França de Cansanção, Wagner Rosa de Senhor do Bonfim, Radialista Sandra Moura da Rádio Itapicurú FM de Ponto Novo, Lenny Silva da Rádio Valente FM e do Maestro Agnaldo Paixão.

Participaram do I Festival Beneficente de Música - O Canto das Cidades, promovido pela Rádio Comunitária Abelha Dourada FM, 20 Candidatos das cidades de Cansanção, Itiúba, Senhor do Bonfim, São José do Jacuipe, Mairi, Mundo Novo e Macaúbas.

Na grande final, houve a classificação do 1º ao 3º lugar, onde os participantes foram avaliados. Os jurados avaliaram a letra, a música, apresentação (presença de palco) e a interpretação de cada artista. Os finalistas receberam as seguintes premiações: 


Vencedores na ordem 1º, 2º e 3º Lugar
1 º Lugar: Stiven Guirra (Senhor do Bonfim) Carente de Carinho

2º Lugar: Viny Brandão (Macaúbas)  Convite para o final de semana
3º Lugar: Everton Diego e Banda Labirinto 38

Os vencedores receberão os seguintes prêmios:

1° Lugar - R$ 1.000,00 (Um Mil Reais), Troféu, Certificado e apresentação do seu trabalho em quadros culturais das emissoras de Rádios parceiras do Projeto em nossa região.
2° Lugar - R$ $: 500,00 Troféu e Certificado
3° Lugar - R$ 300,00 Troféu e Certificado

O festival foi de composições inéditas, e teve como objetivo incentivar a arte e cultura, estimulando o desenvolvimento de novos talentos com habilidades nas áreas de composição, interpretação, arranjos etc, além de promovê-los em âmbito regional oportunizando assim a veiculação de seus trabalhos em uma esfera mais ampla.

A imprensa regional esteve presente fazendo a cobertura completa do Festival através de blogs e sites, além da transmissão online pela TV Jorge Quixabeira.

O evento foi aberto ao público, a entrada foi apenas 1 quilo de alimento não perecível, para se distribuído às famílias carentes do município de Itiúba.

Cidade em Notícias/Foguinho Eventos
-
Dos 936 candidatos não eleitos que disputaram as eleições gerais no ano de 2014, 275 tiveram a prestação de contas desaprovadas, 64 aprovadas e 357 aprovadas, mas com ressalvas, mas com falhas que não comprometem a regularidade. O Tribunal Regional Eleitoral do Estado da Bahia (TRE-BA) julgou as contas nesta quinta-feira (30), em Salvador. Eles disputaram as funções públicas de governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Com base no Calendário Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o julgamento deve ser concluído até o dia 31 de julho pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Além dos casos julgados, outros 346 concorrentes não cumpriram com a obrigação eleitoral e as contas declaradas não foram prestadas.

As contas dos candidatos eleitos foram apreciadas no final do ano passado. Antes do julgamento, as contas foram analisadas pela Coordenadoria de Contas Eleitorais e Partidárias do Regional, com parecer do Ministério Público, através da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). Quem não prestar contas, fica inadimplente com a Justiça Eleitoral sem poder retirar a certidão de quitação (documento necessário para o pedido de registro de candidatura eleitoral) por 4 anos. Os candidatos com as contas desaprovadas estão sujeitos à investigação, que será realizada pela PRE, que vai analisar se houve crime praticado nas campanhas.

Dois políticos itiubenses tiveram suas contas desaprovadas pelo TRE,  Cecília Petrina de Carvalho, ex prefeita de Itiúba que foi candidata a Deputada Estadual pelo Partido dos Trabalhadores (PT), com 12.105 votos a ex gestora não foi eleita e, Aroldo Pinto de Azeredo que também teve as contas desaprovadas, Aroldo Pinto também concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), na oportunidade Aroldo obteve 514 votos, ambos poderão ficar inelegíveis. 

Fonte: Portal Itiúba.Net | Com Tel SIlva

VEJA ABAIXO OS PARECERES DA DESAPROVAÇÃO DAS CONTAS


PARECER CONCLUSIVO CONTAS DE CECÍLIA
  

PARECER CONCLUSIVO DAS CONTAS DE AROLDO PINTO
  


PARECER PÓS CONCLUSIVO DAS CONTAS DE AROLDO PINTO
  


OBS. A EX-CANDIDATA CECÍLIA RECORREU DA DECISÃO E TEVE PONTO DE PISTA DE UM JUIZ
- -
As polêmicas cinquentinhas serão, finalmente, regulamentadas. Após uma lei publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (31/07), os ciclomotores comprados deverão ser emplacados, assim como os carros e as motocicletas. Os condutores deverão ter o Cerificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Em resumo, as cinquentinhas foram enquadradas como motocicletas e os Detrans é que cuidarão do registro.

Os Detrans pressionaram o órgão nacional, ligado ao Ministério das Cidades, para que exercer força política para agilizar a tramitação de um projeto de lei antigo que transferia a responsabilidade para o âmbito estadual. O PL 13.154/15 foi aprovado no Senado na última quarta-feira (29) e sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT) no dia seguinte. Na verdade, a Lei é para regulamentar a Medida Provisória 673/15

Na prática, o que muda é o inciso 17 do artigo 24 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Esse ponto dizia que compete aos municípios registrar e licenciar ciclomotores e veículos propulsão humana e tração animal. Porém, a palavra “ciclomotores” foi retirada. Já no artigo 129 também foi retirada essa competência de registro dos municípios, já que a palavra também foi excluída.
Outra implicação da mudança é que, com isso, o Detran deverá exigir o cumprimento do disposto na Resolução 168 do CONTRAN, que estabelece a obrigatoriedade da habilitação ACC para conduzir as cinquentinhas.

Ainda é preciso aguardar o posicionamento oficial do Detran-MG sobre como será o prazo e a forma de regularização de quem tem o ciclomotor.


Com informações: Portal Jaguarari
-
Durante o dia de ontem (30) familiares do caminhoneiro Rafael Rocha, iniciaram buscas a sua procura depois dele ter desaparecido ao sair com um caminhão boiadeiro da cidade de Senhor do Bonfim para Jacobina.

Rafael teria deixado Senhor do Bonfim em um caminhão Mercedes 1620,cor vermelha, placa JNQ 3809,licença da cidade de Cansanção (BA), carregado de bois com destino ao Distrito de Junco em Jacobina, ele estava morando em Brasília, fazia curso de Farmácia, e em suas férias sempre retornava para Bonfim, tinha a profissão de caminhoneiro como hobby e gostava de auxiliar seu tio nas viagens, foi em uma dessas viagens que foi levar uma carrada de boi até a localidade de Junco.

De acordo com familiares, informações davam conta que o caminhão havia sido abandonado na tarde de ontem em Santo Antônio de Jesus próximo a um mercadinho, na oportunidade dois homens teriam descido do veículo, mas Rafael não estava presente.

Na manhã deste sábado (01), os familiares receberam a triste notícia, lamentavelmente o rapaz foi encontrado morto na região de Capim Grosso.

*Com informações do Maravilha Notícias/Foto reprodução Facebook via Portal de Notícias.Net
-
De acordo com o Blog do Anderson. Gildásio Silveira de Oliveira entregou a Secretaria Municipal Administração para Márcio Higino Meira de Melo e assumiu a Secretaria de Municipal de Serviços Públicos, vaga deixada pelo comunista Élvio Nunes Dourado. Outra migração foi a de Odir Ribeiro Freire Junior, secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural, que exercerá – interina e cumulativamente o posto de Chefe do Gabinete Civil, antiga pasta de Márcio Higino. Quem também deixou a equipe de Guilherme foi Miguel Arcanjo Felício de Jesus. Ele passou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social para Kátia Silene Freitas Souza Menezes. Os Decretos entram em vigor a partir desta sábado (1).

Bahia Notícias
-
Será realizado No dia 01 de agosto de 2015, o I Festival Beneficente de Música O Canto das Cidades, promovido pela Rádio Comunitária Abelha Dourada FM. O evento comemora os 10 anos de fundação da emissora e será realizado no Clube 2 de Julho.

As inscrições estão abertas e deverão ser efetuadas até 25 de julho de 2015, no valor de R$ 50,00, na sede da Rádio Abelha Dourada FM, na Rua Alzira Gonçalves s/n, ou através de correio eletrônico (ocantodascidades@gmail.com). Juntamente com a ficha de inscrição modelo oficial, deverão ser enviadas 02 cópias digitadas da letra, devidamente assinada pelo (s) autores, juntamente com um CD com a música na íntegra, tal como será executada no Festival. Só será aceita a música que estiver em boa qualidade e no formato mp3.

O evento é um festival de composições inéditas, e tem como objetivo incentivar a arte e cultura de nossa terra, estimulando o desenvolvimento de novos talentos com habilidades nas áreas de composição, interpretação, arranjos etc, além de promove-los em âmbito regional oportunizando assim a veiculação de seus trabalhos em uma esfera mais ampla.

Das músicas inscritas serão escolhidas as três (03) mais votadas pela comissão julgadora, as quais receberão a seguinte premiação:

1º Lugar – R$: 1.000,00 (Um Mil Reais), Troféu, Certificado e apresentação do seu trabalho em quadros culturais das emissoras de Rádio parceiras do Projeto em nossa região.

2º Lugar – R$: 500,00, Troféu e Certificado

3º Lugar – R$: 300,00 Troféu e Certificado

Poderão se inscrever músicos de Itiúba a região, o concurso terá o limite máximo de 20 músicas, caso as inscrições ultrapassem esse numero uma pré- eliminatória será realizada pela Rádio Abelha Dourada FM.

O evento será aberto ao público, entrada 1 quilo de alimento não perecível, para se distribuído às famílias carentes do município de Itiúba.
Maiores informações: (74) 9196-8190; 9951-5879; 3546-2070

Ou pelo site do Festival: www.ocantodascidades.com.br

VEJA ABAIXO O EDITAL E A FICHA DE INSCRIÇÃO




Por: Tatiana Bontay - Produtora - Jornal Cidade em Noticias
Professores das Universidades Estaduais OS da Bahia (UNEB, UEFS, Uesb e Uesc) - Que formam Como Ueba - decidiram, apos Assembleia na Manhã Desta quinta-feira (30), Que Irão encerrar Uma greve da categoria Caso o Governo Assine Uma minuta de um a Acordo Entre Ambos. agendada Para esta sexta-feira Uma nova Reunião ESTÁ (31). De um a Acordo com o termo, Como Todas Promoções, progressões e Mudanças de regime de Trabalho - Paradas de na SEC e SAEB - implementadas em Serao comeu 60 Dias EO Quadro de vagas Será Alterado Paragrafo garantir Todas Quanto Promoções represadas e Um Fluxo em 2015, Dentre Otras reivindicações.
-

NOSSA PÁGINA

TV ITIÚBA