BLOG DO UDENILSON

Rádio Itiúba/Itiubense

TV ITIÚBA

ANUNCIE AQUI

Breaking

6 de fevereiro de 2019

Papa admite que freiras foram abusadas sexualmente por padres e bispos

06 fevereiro 0
Papa admite que freiras foram abusadas sexualmente por padres e bispos
Papa admite que freiras foram abusadas sexualmente por padres e bispos

O Papa Francisco admitiu, ontem (5), que padres e bispos abusaram sexualmente de freiras. A declaração foi feita no avião durante a volta dos Emirados Árabes Unidos para à Itália. Na fala, que foi feita após uma pergunta de um repórter, o pontífice disse ainda que é possível encontrar registros dos abusos em "todas as partes". Ele ressaltou, entretanto, que os casos estão mais presentes em "algumas congregações novas e em algumas regiões". Sem mencionar nomes, nem países, Francisco disse que a igreja Católica suspendeu vários clérigos, "que foram despedidos por esta causa". "Não sei se o processo (canônico) terminou, mas também dissolvemos algumas congregações femininas que estiveram muito vinculadas a essa corrupção", acrescentou o Santo Padre.

(metro 1)

Humorista Rodrigo Sant'Anna e roteirista Jr Figueiredo se casam no Rio

06 fevereiro 0
Humorista Rodrigo Sant'Anna e roteirista Jr Figueiredo se casam no Rio

Rodrigo Sant'Anna e o roteirista Junior Figueiredo se casaram neste fim de semana em uma casa de festas na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A informação é da coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, desta segunda-feira (4).

Pelas redes sociais, o humorista e o roteirista receberam mensagens de felicidades dos seguidores. "Que Deus abençoe. Viva o amor!", escreveu um. "Toda felicidade do mundo! Você merece muito!", acrescentou um segundo. "Que o amor esteja sempre presente!", completou outro. Sempre discreto na vida pessoal, o intérprete do seu Batista da Escolinha do Professor Raimundo assumiu a relação com o roteirista no dia do aniversário dele. "Tem pessoas que chegam pra mudar o curso da nossa vida sem a gente perceber. O amor faz disso, hoje é dia dele. Obrigado por todas as mudanças, te amo. Parabéns!!!", escreveu Rodrigo no último dia 31.

Com informações Portal Terra

Reforma da Previdência pode dificultar acesso à aposentadoria integral; saiba quando requerer o benefício

06 fevereiro 0
Reforma da Previdência pode dificultar acesso à aposentadoria integral; saiba quando requerer o benefício
Hoje, para ter acesso à aposentadoria no INSS, com valor integral, é usada a fórmula 86/96: sendo 86 pontos para mulheres e 96 pontos para homens.
Stephanie Tondo///extra.globo.com

Se aposentar com o benefício integral vai ficar ainda mais difícil, caso sejam aprovadas as medidas que constam na minuta do texto da reforma da Previdência que deverá ser apresentado ao Congresso pela equipe econômica de Jair Bolsonaro. A versão preliminar prevê a continuação da fórmula 86/96 até igualar homens e mulheres em 105 pontos, o que aconteceria em 2038 (confira a tabela abaixo). No entanto, ao contrário do que ocorre atualmente, atingir essa quantidade de pontos não garantiria a aposentadoria integral, mas permitiria que o segurado se aposentasse com 60% da média. Para ter direito aos 100% do benefício, pela nova regra proposta, será preciso ter contribuído por 40 anos —são acrescentados 2% para cada ano após 20 anos de contribuição.

Diretor do Instituto de Estudos Previdenciários, Luiz Felipe Veríssimo acredita que o objetivo com as medidas é postergar os pedidos de aposentadoria, mesmo sem que haja uma idade mínima para quem já está no mercado. Pelas novas regras, haveria uma idade mínima de 65 anos, que seria aplicada apenas para novos trabalhadores, ou seja, para quem começa a contribuir. Para quem já vem recolhendo ao INSS, haveria apenas o mínimo de pontos a serem atingidos.

— Ainda não temos como saber se essa será a proposta oficial, porque ainda não foi enviada ao Congresso, mas a princípio a ideia parece ser fazer com que as pessoas deem entrada nas aposentadorias mais tarde — avalia.

Hoje, para ter acesso à aposentadoria no INSS, com valor integral, é usada a fórmula 86/96: sendo 86 pontos para mulheres e 96 pontos para homens. Esses pontos são a soma da idade com o tempo de contribuição. Essa fórmula é progressiva, e chegaria a 90/100 em 31 de dezembro de 2026, com intervalo de dois anos entre cada aumento. O EXTRA teve acesso a uma proposta, que seria a versão preliminar que será levada à votação no Congresso. Em entrevista ao Jornal da CBN, na manhã desta terça-feira (05/02), porém, o ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni, afirmou que a reforma da Previdência não seria nesses moldes. Porém, caso esse texto seja efetivamente apresentado no Congresso, entre as mudanças que seriam votadas, está a ampliação dessa fórmula até chegar a 105/105, igualando homens e mulheres. Sendo que os homens atingiriam essa marca em 2028 e as mulheres em 2038.

Para calcular o ano em que vai conseguir se aposentar, segundo as regras descritas na minuta da reforma, o segurado do INSS precisa, portanto, somar a sua idade com o tempo de contribuição atual. Por exemplo, um trabalhador ou trabalhadora que tem 55 anos e começou a contribuir com 25 anos, sem intervalos no recolhimento ao INSS, terá 30 anos de contribuição, somando 85 pontos (55 mais 30). A cada ano, ele deverá acrescentar dois pontos: um de idade e um de contribuição. Dessa forma, em dois anos, terá 89 pontos, o que para as mulheres já será suficiente para se aposentar em 2021, quando a fórmula será de 88/98, conforme a tabela ao lado. Já o homem nessa situação ainda não terá atingido o mínimo de pontos e terá que continuar trabalhando até 2029, quando a fórmula já estará em 96/105. Isso porque a cada ano a fórmula aumenta um ponto para homens e mulheres.

Tempo maior de contribuição

Outra mudança é que hoje a fórmula garante aposentadoria integral, mas segundo o texto preliminar, a fórmula passará a garantir apenas o direito de se aposentar com 60% do valor integral, chegando a 100% após 40 anos de contribuição.

Ou seja, a mulher da situação acima que tem 30 anos de contribuição e 55 anos de idade hoje, conseguiria se aposentar em 2021 com 32 anos de contribuição e 57 de idade, mas receberia apenas 84% do valor integral de seu benefício. Isso porque são acrescidos 2% para cada ano de contribuição que exceder o tempo de 20 anos de recolhimento. Dessa forma, ela teria os 60% garantidos pela fórmula, mais 24%, pois contribuiu por 12 anos além dos 20. Para conseguir os 100%, teria que trabalhar por mais oito anos, completando os 16% restantes. Assim, se aposentaria com 40 anos de contribuição e 65 anos de idade. Já o homem terá cumprido os 40 anos de contribuição em 2029, recebendo integralmente.

Para professores que comprovem tempo efetivo no exercício da função no ensino fundamental e médio, as regras seriam mais leves: a soma começaria com 81 pontos para mulheres e 91 pontos para homens.

A minuta da proposta prevê ainda que as idades mínimas para concessão dos benefícios previdenciários sejam ajustadas quando houver aumento na expectativa de sobrevida da população brasileira. Mas para o especialista em Direito Previdenciário Luiz Felipe Veríssimo, esse tipo de ajuste não condiz com a realidade dos trabalhadores.

— É temerária a possibilidade de aumentar a idade mínima com base na expectativa de sobrevida porque, nem sempre o fato de as pessoas estarem vivendo mais significa que as pessoas podem trabalhar por mais tempo. Além disso, a expectativa de vida varia muito de acordo com cada estado do país — aponta Veríssimo.

Colaborou Patrícia Valle

Após declarações que vereadores teriam carros locados na prefeitura, MP convidará vereador Deto de Quicé.

06 fevereiro 0
Após declarações que vereadores teriam carros locados na prefeitura, MP convidará vereador Deto de Quicé.
Nos próximos dias, o vereador Deto de Quicé, deverá ser convidado para comparecer ao Ministério Publico, para prestar esclarecimentos sobre suas declarações feitas durante entrevista concedida ao radialista, Walterley Kuhin, na Radio Princesa FM.

Expulso pelo prefeito Carlos Brasileiro da base governista, o vereador fez duras criticas ao gestor, ao secretario de Financias, Benito Brasileiro, e declarou que o apoio dos vereadores ao governo de Carlos Brasileira, seria em troca de cargos e carros locados .

Ao tomar conhecimento das declarações do vereador, o prefeito Carlos Brasileiro desmentiu, e afirmou que o vereador teria dado um tiro no pé “ele não só deu um tiro no próprio pé, mas também no pé dos colegas. Caso o Ministério Publico solicite explicações, nosso governo fornecerá toda a documentação necessária” disse o prefeito.

Já o vereador Deto de Quicé, revelou está tranquilo, e preparado para ir ao Ministério Publico, caso seja convidado.

informações do site http://ivansilvanoticia.com.br

VEREADOR DO PT RECEBE SALÁRIO DA PREFEITURA DE ITIÚBA SEM TRABALHAR DESDE JANEIRO DE 2014!

06 fevereiro 0
VEREADOR DO PT RECEBE SALÁRIO DA PREFEITURA DE ITIÚBA SEM TRABALHAR DESDE JANEIRO DE 2014!


O vereador do PT de Itiúba JIOVALDO ODILON OLIVEIRA que também é funcionário público municipal Guarda Municipal salário da prefeitura sem trabalhar desde o ano de 2014.

O vereador fez concurso público em 1999 como Guarda Municipal lotado e lotado no Distrito de Covas, no ano 2001 por conta de demissão em massa funcionários concursados de pelo então prefeito Dr. João Antônio. Em 2004 a justiça determinou o retorno de todos concursado, mas o funcionário em questão não retornou, ficando a incógnita se o mesmo poderia reassumir a função anos depois da reintegração.

O vereador foi presidente do STR por duas vezes consecutivas e no ano de 2012 foi candidato a vereador pelo PT e conseguiu ganhar a eleição.

No ano de 2014 o vereador eleito retornou para folha de pagamento da prefeitura como Gurda Municipal, recebendo salario sem trabalhar, no dia 28 de maio de 2014 o vereador pediu ao prefeito Silvano Santos Carvalho (banga) através de requerimento para retornar para prefeitura, mas o mesmo já estava na folha recebendo desde janeiro!

Em 30 de junho de 2014 o prefeito banga através do decreto 164, decretou a estabilidade funcional de JIOVALDO ODILON  OLIVEIRA retroagindo os efeitos a 03 de maio de 1999.

MESMO APÓS ESSA ESTABILIDADE ILEGAL CONCEDIDA AO VEREADOR DO PT 2014, ELE CONTINUOU E CONTINUA RECEBENDO SALÁRIO DA PREFEITURA SEM TRABALHAR EM DETRIMENTO DE OUTROS FUNCIONÁRIO QUE TRABALHAM TODO DIA, DE MODO QUE PEDIMOS A SUSPENSÃO DA ESTABILIDADE FUNCIONAL ILEGAL E A DEVOLUÇÃO DOS SALÁRIOS RECEBIDOS IRRESPONSAVELMENTE!

ISSO É CORRUPÇÃO!


OBS.

Até hoje o processo administrativo nunca foi publicado no diário oficial!

ABAIXO AS PROVAS EXTRAÍDAS DO DIÁRIO OFICIAL E DO TCM!





22 de janeiro de 2019

Jerônimo Rodrigues vai para a Educação e Josias Gomes deve assumira SDR

22 janeiro 0
Jerônimo Rodrigues vai para a Educação e Josias Gomes deve assumira SDR
Jerônimo Rodrigues ocupava a secretaria de Desenvolvimento Rural desde 2014
O atual secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, está cotadíssimo para assumir a secretaria de Educação na reforma administrativa do governador Rui Costa (PT), segundo fontes governistas informaram ao Política Livre. A pasta está praticamente acéfala desde a saída do senador Walter Pinheiro, no ano passado. Na SDR, Jerônimo deve ser substituído pelo deputado federal Josias Gomes que, junto com outro colega eleito à Câmara dos Deputados, Charles Fernandes (PSD), assumirá posição na administração estadual a fim de ajudar também na tarefa de garantir mandatos de deputados àqueles que ficaram na suplência, a exemplo do deputado federal Paulo Magalhães (PSD), derrotado no último pleito. O ponto mais controverso da ida de Jerônimo para a Educação, além de sua inteira desvinculação com a área, é a idéia de transformar o comando da pasta num colegiado de que participariam as principais correntes políticas petistas, o que é considerado por técnicos da Educação como uma verdadeira “lou-cu-ra”! O petista foi coordenador da campanha à reeleição do chefe do Executivo baiano, que já havia anunciado, há uma semana, que ele ficaria no governo, apesar de não dizer onde.

Compartilhado do site POLÍTICA LIVRE:

21 de dezembro de 2018

BAHIA É O ESTADO NORDESTINO COM MAIOR NÚMERO DE JOVENS QUE DEIXAM A ESCOLA ANTES DE CONCLUIR O ENSINO MÉDIO, APONTA IBGE

21 dezembro 0
BAHIA É O ESTADO NORDESTINO COM MAIOR NÚMERO DE JOVENS QUE DEIXAM A ESCOLA ANTES DE CONCLUIR O ENSINO MÉDIO, APONTA IBGE
Um estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) nesta terça-feira (18) apontou que a Bahia, entre todos os estados do Nordeste, é o que tem o maior número de alunos que abandonam a escola antes de concluir o ensino médio.

O estudo, que teve como base a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), revelou que, a cada 100 estudantes baianos de até 19 anos, apenas 43 concluíram o ensino médio na idade correta. Esse índice deixa o estado distante de outras regiões do país, principalmente a sudeste. Em São Paulo, por exemplo, a taxa de conclusão chega a 78,3%. A pesquisa ainda mostrou que dois em cada 10 jovens, com idade até 16 anos, ainda não completaram o ensino fundamental. Desses, 62% nem frequentam mais a escola.

O estudo revelou também as taxas de conclusão são ainda mais baixas entre adolescentes negros e moradores de zonas rurais. Os estudante apontaram vários motivos para não voltar para a sala de aula. Um deles é a falta de professores.

"Um dia o professor estava lá, outro dia não estava. Eu preferi desistir. Uns dias eles iam, outros dias eles não iam. Faltava água", destacou Bruna da Paz, de 18 anos, que ainda não concluiu a 5ª série e deixou de frequentar a escola. Os especialistas em educação defendem que é preciso repensar a escolar, para que ela seja mais atrativa.

"O jovem não está aguentando a escola, como o professor também não está aguentando a escola, porque os desafios são enormes, eles têm que lutar por um lado, com um mecanismo opressor do ponto de vista das políticas educacionais e, por outro lado, tem que lutar no sentido de uma juventude vibrante querendo outras coisas. É uma escola que tem que ser um espaço rico de produção de cultura e de conhecimentos. Isso só acontece com as juventudes fortalecidas e professores fortalecidos" apontou Nelson Pretto, mestre em educação.

Por outro lado, a Secretaria Estadual de Educação afirmou que tem fortalecido a grade curricular para ficar mais atrativa. "A gente tem fortalecido cada vez mais o curriculo do ensino médio, a inserção das linguagens artísticas, da cultura corporal, do esporte e também da ciência e tecnologia, atarvés dos centros juvenis, dos jogos estaduais da rede pública, dos diversos projetos artísticos, sutentando fortalecer as aprendizagens dos estudantes ao longo do ensino médio, criando uma atratividade maior para escola", contou Tereza Farias, Diretora do Ensino Médio da Secretaria Estadual da Educação.

G1 Bahia

16 de dezembro de 2018

EX-MINISTRO É ACUSADO DE RECEBER PROPINA EM ESQUEMA DE CABRAL

16 dezembro 0
EX-MINISTRO É ACUSADO DE RECEBER PROPINA EM ESQUEMA DE CABRAL
O operador financeiro da organização criminosa comandada pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB), Carlos Miranda, acusou o deputado e ex-ministro do Meio Ambiente de Lula, Carlos Minc, de receber propina no esquema organizado por Cabral. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do Globo, Minc que também foi secretário do Meio Ambiente de Cabral, é acusado de receber propinas diretamente pagas a ele pela Queiroz Galvão.

Durante seu depoimento, Miranda afirmou que Minc e Marielle Ramos, ex-diretora do BNDES, 'receberam R$ 300 mil' em propinas. O delator também afirmou desconhecer o 'quanto ficou para cada um'. Os pagamentos seriam 'em razão de obra no Canal do Cunha'. Ainda de acordo com Carlos Miranda, o dinheiro pago a Minc e Marielle foi 'posteriormente abatido do valor devido pela Queiroz Galvão a Cabral'.

Fonte: NMB via Blog do Geraldo José

Urgente: João de Deus se entrega após ordem de prisão expedida pela Justiça de Goiás

16 dezembro 0
Urgente: João de Deus se entrega após ordem de prisão expedida pela Justiça de Goiás
O médium João de Deus, acusado de abuso sexual â?? Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão Conteúdo
Ele teve prisão preventiva decretada na sexta-feira (14) e era procurado pela polícia. Mais de 300 mulheres o denunciaram por estupro.

O médium João de Deus se entregou à polícia neste domingo (16), por volta das 16h30, nas proximidades de Abadiânia, na região central de Goiás. Ele foi levado para uma delegacia. João de Deus é suspeito de abusos sexuais durante tratamentos espirituais e sua prisão foi determinada pela Justiça na tarde de sexta (14), a pedido do Ministério Público (MP-GO) e da Polícia Civil de Goiás. Mais de 300 mulheres afirmam ter sido vítimas do religioso. A defesa nega. A prisão é preventiva – ou seja, sem prazo para terminar.

A Polícia Civil disse que João de Deus se apresentou espontaneamente ao delegado-geral e ao delegado titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). Ele estava acompanhado de advogados e ainda não existe decisão sobre o local onde ele ficará detido. A polícia também informou que não foram usadas algemas na operação. “Na hora em que eu fiquei sabendo, eu me entrego à justiça divina e a Justiça da Terra, que eu prometi, e estou indo agora me entregar, porque eu fiquei sabendo pelo meu advogado que está aqui agora, o doutor Toron”, disse João de Deus à jornalista Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S. Paulo”, antes de entrar em um carro com seu advogado Alberto Toron para se entregar.

Buscas e ocultação de patrimônio
Até o sábado, a polícia tinha feito buscas em mais de 30 endereços em busca do médium sem sucesso. Ele já era considerado foragido pelo Ministério Público. O Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO) informou à TV Anhanguera, neste sábado (15), que João de Deus pode ter tentado ocultar patrimônio e que isso levou o órgão a acelerar o pedido de prisão do líder religioso. Segundo o jornal “O Globo”, as investigações apontam que o líder religioso retirou R$ 35 milhões de contas e aplicações financeiras desde que as primeiras denúncias de abuso vieram à tona.

“A gente já tem informações de que há providências do investigado buscando ocultar patrimônio. Este fato está sendo apurado e todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas pelo MP-GO”, disse a promotora Gabriella de Queiroz Clementino. “Claro que esta notícia de ocultação e patrimônio reforça ainda mais os fundamentos da prisão”, afirmou. O advogado de João de Deus, Alberto Toron, disse ao G1 que desconhece qualquer retirada de dinheiro. “Isso é da economia dele. Eu não tenho a menor informação a respeito disso. Nunca perguntei e nunca fui informado”, afirmou.